(Nandrolona Base + Éster Decanoato)
[19-nor-androst-4-en-3-one-17beta-ol]
Peso Molecular(base): 274.4022
Peso Molecular(éster): 172.2668
Fórmula Química(base): C18 H26 O2
Formula Química(éster): C10 H20 O2
Ponto de Fusão(base): 122-124ºC
Ponto de Fusão(éster): 31-32ºC
Fabricante: Organon
Data de Lançamento(EUA): 1962
Dose Efetiva(Homens): 200-600mgs/sem (7mg/kg de Peso Corporal)
Dose Efetiva(Mulher): 50-100mgs/sem
Tempo de Ação: 15 dias
Tempo de Detecção: Mais de 18 meses
Relação Anabolismo/Androgenicidade: 125:37
Apresentações: Deca Durabolin 25mg/ml R$7 – Deca Durabolin 50mg/ml R$14

Decanoato de Nandrolona (“Deca”) é um composto 19-Nor e, como esperado, apresenta as mesmas características que todos eles.

Primeira coisa a se considerar é que a Deca (nandrolona de forma geral) não produz muitos efeitos colaterais estrogênicos e androgênicos. Isto ocorre porque a Deca tem uma taxa muito pequena de aromatização, aproximadamente 20% em relação a testosterona.

Existe também a ideia de que a Deca retêm água no tecido conectivo, aliviando dores articulares. Isto ainda não foi comprovado. Existe um estudo em mulheres pós-menopausa que mostra um aumento na síntese de colágeno(1) na utilização de Deca e em outro estudo observa-se um aumento no conteúdo mineral dos ossos(2). Em ambos estudos, foram usadas doses mto pequenas. Estimando-se, baseado nesses dois estudos, atletas que queiram utilizar Deca com um desses dois objetivos (aumentar a síntese de colágeno e a mineralização dos ossos) podem usar uma dosagem próxima de 100mg/semana. Essa é a maior dose que esses dois estudos usaram com sucesso. Mesmo com metade dessa dose, em pacientes HIV+ que apresentavam grandes perdas, uma injeção de 100mg/EOW (semana sim, semana não) de Deca resultou em um significante ganho de peso(5). Uma dose como essa nunca é recomendada à um atleta, somente serve para mostrar as fortes propriedades anabólicas da Deca.

Deca é um anabólico muito bom, causando bons ganhos em qualidade muscular. Isso pode estar relacionado com a sua força moderada de ligação ao receptor androgênico (AR), ou existem muitos efeitos positivos mediados por receptores não-androgênicos. Um efeito notável é a retenção de nitrogênio, que é o fator mais importante no crescimento muscular e nos ganhos de massa magra. Em um estudo com baixas doses (65mg/semana) e outro com altas doses (200mg/semana) foi possível notar um aumento significante na retenção de nitrogênio (33-52g nitrogênio/14 dias, o que representa ganhos de 0.5 a 0.9kg de massa muscular/semana), aumento do peso em 4.5+/-1.2kg sendo 3.1+/-0.5kg de massa magra e aumento da performance cardio-vascular(7). O estudo que usou maiores dosagens teve melhores resultados?? Estudos empíricos mostram que sim, sendo recomendada doses de 400-600mg/sem para ganho de massa muscular.

Além disso não foi notado aumento na concentração plasmática de homocisteína (fator de risco para doenças cardiovasculares) em ratos machos que sofreram administração de 3 e 10mg/kg de Deca semanalmente por 14 semanas(8).

A administração de 200mg/sem de Deca em bodybuilders experientes por 8 semanas levou a um aumento do peso corporal, massa muscular, massa gorda, densidade mineral óssea, conteúdo mineral ósseo e não afetou a hidratação da massa magra(13).

Deca apresenta um longo tempo de ação. Podemos ver no gráfico abaixo que uma infução de 100mg de Deca (representado pelos círculos) produz uma ação relativa e níveis plasmáticos estáveis de nandrolona até, aproximadamente, o dia 10 mostrando ser necessário somente uma injeção por semana para manter os níveis estáveis (convém dizer que o fenilpropionato de nandrolona usado nesse estudo era ativo, e só experimentou queda após o quinto dia…injetá-lo a cada quatro dias parece
ser a melhor forma). Você também pode notar que níveis mais altos de nandrolona são notados quando a administração ocorre na região glútea (isso parece ser verdade para todos os esteróides oleosos).

Em outro estudo, realizado em homens HIV+(6), podemos ver que a Deca (200mg/sem1, 400mg/sem2 e 600mg/sem3-12) não causou nenhum efeito negativo no colesterol total, LDL, triglicérides, sensibilidade à insulina e houve uma redução nos níveis de HDL(8-10 pontos). Podemos ver também, em muitos estudos com homens HIV+, que a Deca melhora o sistema imunitário.

Até onde sabemos, Deca é uma droga segura para usos longos, ajuda em problemas articulares, melhora o sistema imune e é mais anabólica e não muito androgênica.

Deca é conhecido por produzir ganhos musculares com qualidade mas ela precisa ser usada por 12 semanas no mínimo, como comprovado empiricamente. Isso pode causar alguns problemas, mesmo Deca sendo uma droga suave em relação a efeitos colaterais.

A retenção hídrica é um efeito comum da Deca. Letrozol parece ser a escolha preferida para combate-la. Essa retenção torna Deca uma droga para ser usada, preferivelmente, em períodos OFF.

Um estudo feito com 200mg/sem de Deca por 14 semanas mostrou que a mesma não afeta os níveis de lípideos e lipoproteinas e reduz, seletivamente os níveis de lipoproteína a (Lp[a]) que é um fator de risco para aterosclerose(12).

Deca é uma progestina (assim como todas nandrolonas), estimulando o receptor progestogênico em 20% em relação a progesterona(3) e tornando assim possível o aparecimento de diversos efeitos colaterais. É bom dizer que a maioria deles é raro. Esse fato também pode ser a explicação para a
poderosa supressão que a Deca causa na produção endógena de testosterona. Podemos ver no gráfico abaixo que uma simples injeção de 100mg de Deca causou uma total (100%) queda nos níveis naturais de testosterona e levou-se um mês para se retornar aos níveis basais.

A moral da história? Sempre use testosterona com a Deca. É sugerida 200mg/sem, no mínimo, para evitar a impotência e disfunção sexual. Para um efeito anabólico da testosterona é recomendada doses no mínimo duas vezes maiores que essa. É recomendado também o uso de anti-progestogenicos em conjunto com a Deca (Cabergolina ou Bromocriptina[Parlodel/Bagren]).

Em um estudo onde administrou-se Deca em ratos (15mg/kg dia por 14 dias) foi notada a redução das taxas de “substância P endopeptidase-like activity” o que resultou em um aumento da concentração de substância P na área hipotalâmica e núcleo caudado e redução da densidade dos receptores NK1.
Hipóteses dizem que alterações nos níveis de substância P e da densidade do receptor NK1 no cérebro podem explicar as alterações comportamentais em usuários de esteróides anabólicos(9)(11).

Em ratos adultos fêmeas administrou-se uma, duas e três doses de 3mg/kg de Deca na primeira, segunda e terceira semana respectivamente. Notou-se destruição das unidades foliculares, ausência de corpo lúteo (alterções ovarianas); fibrose do estroma endometrial e alterações do epitélio(alterações morfológicas uterinas)(10).

Deca pode ser recomendada, sem dúvidas, em um ciclo para ganho de peso na dosagem de até 600mg/sem por um longo período (12-16 semanas) e para um ciclo de “cutting” na dosagem de 400mg/sem também por longos períodos (12-16 semanas) e com algo para combater a retenção. Se você decidir usar Deca, recomenda-se o uso de uma testosterona em conjunto e também ter em mãos alguma droga anti-progestogênica, para se houver necessidade.

A terapia pós ciclo (TPC) também deve ser comentada. Pelo efeito altamente supressivo da Deca. Em um ciclo onde se usa ela e uma testosterona, a última deve ser usada por no mínimo 2 semanas após o final da Deca. É sugerida uma TPC agressiva, usando-se tamoxifeno, HCG e clomifeno para
restabelecer a produção hormonal de forma mais rápida e eficiente possível.

A Deca pode ser adquirida em qualquer farmácia com receituário especial (receita carbonada de duas vias). Existem também medicamentos veterinários que apresentam o Decanoato de Nandrolona.

Outras apresentações